A sharia será a base de governo da “nova Líbia”