Domingo da Igreja Perseguida – 22 de maio de 2005

| 22/05/2005 - 00:00


O que se segue é um esboço de um sermão. Visto que cada pregador tem seu estilo e suas ilustrações preferidas, seria até deselegante fazer uma proposta detalhada do que deve ser falado. Fica por conta do pastor utilizar a estrutura sugerida da forma que lhe convier.

Esboço
Texto-base: Gálatas 6:1-10

Os versículos-chave da idéia a ser destacada são os de números 2, 5, 9 e 10.
Gl 6:2 "... carregai as cartas uns dos outros..."
Gl 6:5 "... porque cada um deve carregar o próprio fardo".
Gl 6:9 "E não nos cansemos de fazer o bem..."
Gl 6:10 "... especialmente aos da família da fé".

A tese defendida pelo pregador é de que devemos fazer as duas coisas: carregar nosso fardo e as cargas de nossos irmãos, cada qual a seu tempo. Com isso, não nos cansaremos de fazer o bem, principalmente aos da família da fé.

Mais especificamente: segundo o pregador, há pontos que são de natureza pessoal e que representam o "próprio fardo", por exemplo, orar em busca da vontade de Deus para a própria vida, orar pela conversão de um neto etc.

E há situações que se tornam pesadas demais para um só cristão, e aí entra o partilhar das cargas.
E, para este caso, ele usa o exemplo de nossos irmãos e irmãs da Igreja Sofredora, que se encontram isolados física e espiritualmente; para quem o fardo é muito pesado e sem nossa ajuda não terão como carregá-lo até o fim.

Por isso, eles devem receber nossa intercessão e sustento.

Com isso estaremos cumprindo dois mandamentos bíblicos: carregar-lhes as cargas e fazer o bem especialmente aos da família da fé.

Na intercessão: podemos pedir ao Senhor: 1. libertação; 2. fortalecimento espiritual deles e de suas famílias.

No sustento: podemos, de forma prática, suprir as finanças para alguns dos muitos projetos presentemente conduzidos através de Portas Abertas.

Por exemplo: projetos de Bíblias para a China, treinamento de líderes no Vietnã ou construção do centro educacional no Sudão.

Portanto, não devemos nos cansar de fazer o bem, carregando as cargas uns dos outros, principalmente aos da família da fé. Oremos ao Senhor para que nos inspire e nos ajude a cumprir sua vontade.Amém.

Este esboço foi escrito pelo reverendo John Pitt e foi usado no sermão do Domingo da Igreja Perseguida de 1993.

Domingo da Igreja Perseguida - 22 de maio


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE