Sofredores do presente, libertos no futuro