A Igreja no Quênia agradece o seu amor, orações e cartas

| 12/11/2014 - 00:00


12_Quenia_0270100226

O futuro da Igreja no Quênia é preocupante. O nível de medo entre os cristãos está crescendo rapidamente. A unidade islâmica é diversificada e forte. De acordo com especialistas da Portas Abertas, ""O governo está com medo, não sabe como lidar com a unidade islâmica e, portanto, tem uma tendência a ceder facilmente às suas exigências, às vezes em detrimento das igrejas”.

Quinta-feira (6/11), a Igreja no Quênia sofreu a perda de um de seus pastores mais queridos. O ataque de radicais muçulmanos a uma igreja local em Majengo, além do assassinato do pastor deixou quatro mortos e oito feridos.

Colaboradores da Portas Abertas visitaram os membros da igreja entregar em mãos as cartas que foram escritas por cristãos de todo o mundo.

O fato de receberem as cartas, de receberem a visita fez com que esses irmãos soubessem que não estão sozinhos; que há irmãos e irmãs da família da fé que mesmo distantes estão com eles em oração e socorrendo-os em suas necessidades.

Em nome dos cristãos perseguidos: Muito obrigada, a você que escreveu.
""Bendito seja o Deus e Pai que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus possamos consolar os que estão passando por tribulações.""
2Coríntios 1.3-4

A Portas Abertas encoraja os brasileiros a enviarem cartões e desenhos com palavras de alegria, consolo, mostrando aos cristãos perseguidos ou presos que eles não estão sozinhos. A partir de um gesto bem simples você pode levar ânimo e força a pessoas em diversas partes do mundo que estão passando pela dura realidade da perseguição. Basta escrever uma carta. Confira aqui as campanhas de cartas ativas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE