A importância do discipulado na Índia

Por meio de treinamento bíblico, igreja se fortalece mesmo em meio à hostilidade

| 28/06/2018 - 00:00

Em algumas regiões, a própria polícia motiva a população a perseguir aqueles que se convertem

Em algumas regiões, a própria polícia motiva a população a perseguir aqueles que se convertem


Os cristãos indianos enfrentam uma perseguição extrema por causa da fé. A Índia ocupa a 11ª colocação na Lista Mundial de Perseguição 2018. Muitos casos envolvem discriminações por parte de moradores locais, que resultam em xingamentos, agressões e até mesmo expulsão de cristãos da aldeia. A Portas Abertas tem auxiliado às igrejas locais fornecendo comida e outros meios de sustento para aqueles que tiveram que fugir.

Em algumas regiões, a própria polícia motiva a população a perseguir aqueles que se convertem. Recentemente, um casal e seu filho de 5 anos foram arrastados de forma agressiva para uma reunião do vilarejo. Lá, eles foram ameaçados e o pai abusado fisicamente. Além disso, eles receberam ameaças de que perderiam a terra e continuariam a ser perseguidos. Essa hostilidade gera medo. Nesse caso, a família chegou a deixar de participar dos cultos da igreja.

Nos passos do mestre
Para minimizar esse tipo de situação, com a sua ajuda, a Portas Abertas leva para Índia um treinamento bíblico. Dessa forma, cristãos perseguidos, pastores ou líderes são treinados para transmitir os ensinamentos e fortalecer outros irmãos, para que permaneçam firmes na fé. Faça parte desse projeto e continue apresentando a igreja indiana em oração.

Leia também
Crianças e adultos recebem educação de qualidade na Índia
A perseguição continua para Sunita
Viúva de pastor diz que preferiria morrer a negar Jesus


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE