Al-Shabaab explode um hotel na Somália

| 03/06/2016 - 00:00


3-somalia.jpg

De acordo com notícias das agências de notícias Reuters e EFE, militantes do grupo extremista islâmico Al-Shabaab invadiram o Hotel Ambassador, em Mogadiscio, capital e maior cidade da Somália e detonaram um carro-bomba, deixando pelo menos 15 mortos e 20 feridos. O hotel é muito frequentado por políticos, funcionários do governo e executivos. O ataque aconteceu logo após as forças somalis, em ação conjunta com forças internacionais, matarem o líder do grupo que planejou o atentado contra a Universidade de Garissa, no Quênia, 16º país da atual Classificação da Perseguição Religiosa.

O atentado que matou 147 estudantes cristãos quenianos completou 1 ano em abril. Na ocasião, o Al-Shabaab que é ligado ao grupo extremista islâmico Al-Qaeda, emitiu uma nota oficial assumindo a responsabilidade. Mohhamed Dulyadayn, mentor da ação criminosa, agora está morto. A Somália já está afundada em uma longa guerra civil, além de estar enfrentando uma séria crise financeira. Há décadas que o país suporta a violência, o luto e a dor. O motivo de tantas mortes se deu logo após o Al-Shabaab declarar publicamente que ""quer a Somália livre de cristãos"".

Monitorada pelo governo, a igreja se esforça para continuar evangelizando os muçulmanos, mas a situação fica cada vez mais difícil, já que o grupo extremista monitora até mesmo as companhias de telecomunicações móveis. Ser um cristão na Somália significa viver sob pressão o tempo todo, não possuir uma Bíblia e não ter a liberdade de frequentar cultos e reuniões com os irmãos, a não ser de forma clandestina e correndo risco de vida.

Leia também
Al Shabaab ataca universidade no Quênia e deixa 147 mortos
EUA atingem campo do al-Shabaab na Somália
País enfrenta um grande desafio para enfraquecer o al-Shabaab

Pedidos de oração

  • Ore para Deus dar cada vez mais estratégias às forças somalis para enfraquecer as ações dos grupos extremistas no país.
  • Interceda pelos cristãos somalis perseguidos e peça ao Senhor para fortalecer a fé de cada um deles.
  • Ore pelos familiares das vítimas e também pelos perseguidores, para que o amor de Cristo possa invadir seus corações.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE