Aldeias cristãs curdas são abandonadas no Iraque

A população fugiu em razão dos constantes ataques do governo turco na região

| 03/10/2020 - 06:00

Cristãos curdos precisaram fugir do Norte do Iraque por causa dos constantes ataques do exército turco

Cristãos curdos precisaram fugir do Norte do Iraque por causa dos constantes ataques do exército turco


Hoje comemora-se o Dia da Independência do Iraque, ocasião em que o país se tornou autônomo da Grã-Bretanha, em 1932. Atualmente, o território é dividido em duas partes: ao norte liderado pelo Governo Regional Curdo (KRG, da sigla em inglês), com sede em Erbil, e o restante do país é dirigido por árabes, com sede em Bagdá.

A população curda é estimada entre 25 e 35 milhões de pessoas, e a maioria é muçulmana. Por isso, os cristãos que vivem nessas áreas enfrentam forte perseguição, como o desfavorecimento na hora de encontrar empregos e registrar organizações cristãs. Além disso, as propriedades dos seguidores de Jesus são tomadas e, quando vendidas, valem apenas 60% do preço.

Desde o início de 2020, cerca de cinco aldeias cristãs do Curdistão iraquiano foram abandonadas por causa de bombardeios turcos. Em junho, a Turquia começou a trabalhar para expulsar militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão  (PKK) da fronteira com o Iraque. Segundo as autoridades turcas, o PKK faz ataques aéreos ao território vizinho de maneira mais violenta e abrangente.

O pastor Samir Youssef contou ao AsiaNews que a violência na região tem crescido e feito vítimas: “No último mês, muitas pessoas morreram, só porque estavam perto de áreas controladas pelo PKK. Em alguns casos, os bombardeios também atingiram as casas da população civil”. O líder cristão Emanuel Youkhana completou durante entrevista ao Catholic News Service: “O bombardeio danificou propriedades, casas e incendiou campos, enquanto os cristãos fugiram mais uma vez”.

Pedidos de oração

  • No Dia da Independência do Iraque, peça que a paz de Cristo inunde o território por meio da ação dos cristãos locais.
  • Clame pelos cristãos deslocados que estão em busca de um lugar seguro para viver. Que eles sejam protegidos de todo o mal.
  • Ore para que as autoridades iraquianas e turcas entrem em acordo, e beneficiem a população com ações que resultem em paz, justiça e liberdade.

Reconstrução no Iraque
A reconstrução de casas é a primeira coisa necessária para possibilitar a volta de cristãos para suas cidades, muitas delas totalmente destruídas por bombardeios e pela ocupação do Estado Islâmico. Ao reconstruir casas e igrejas, o objetivo é fazer com que cristãos retornem para suas cidades, tendo, também, igrejas onde congregar. Com isso, a presença cristã pode ser mantida, levando luz onde há trevas. Ao doar, você possibilita a reconstrução de casas e igrejas no Iraque.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE