Atualização do caso dos pastores Tandin e Thapa

| 16/09/2014 - 00:00


16_Butao_SITE.jpg

Ambos foram libertados sob fiança em 22 de abril, após serem acusados de conduzir uma reunião para fins religiosos, sem autorização prévia; mostrar um filme sem certificado de aprovação; e coleta de “fundos ilegais”. Após isso, uma segunda acusação foi imposta contra Tandin, acusando-o de receber fundos do público para seu ganho pessoal.

Depois de passar cinco dias na prisão Samtse, Tandin foi libertado novamente, sob fiança, ontem, 15 de setembro. Ele está retornando à sua família na capital de Thimphu, e irá apresentar o apelo à sentença em 22 de setembro.

O tribunal pode optar por levar o caso contra Tandin adiante. Se o veredito de culpado não for derrubado, Tandin vai passar três anos e onze meses na prisão. É improvável que o veredito de culpa seja mudado.

David foi solto em 12 de setembro, depois de pagar a multa.

Leia as demais notícias sobre o caso
Butão: uma carta sua pode fortalecer os pastores Tandin e Thapa
Pastores butaneses são libertados da prisão
Pastores butaneses permanecem detidos sem acusações oficiais

Pedidos de oração

  • Louve a Deus pela libertação de David e os recursos para pagamento da multa que o permitiram voltar para casa.
  • Embora pareça improvável, ore para que o tribunal derrube o veredito de culpa de Tandin.
  • Peça por sabedoria para aqueles que prestam assessoria jurídica a Tandin.
  • Ore para que a paz e a força do Senhor estejam sobre a vida de Tandin e sua família.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE