Caso do ativista Amri Che Mat é encerrado na Malásia

Última testemunha do caso do pastor Raymond Koh será ouvida em 30 de novembro

| 19/11/2018 - 00:00

Susanna Koh (no centro) e Norhayati (com véu azul): maridos desaparecidos

Susanna Koh (no centro) e Norhayati (com véu azul): maridos desaparecidos


A Comissão de Direitos Humanos da Malásia (Suhakam), que abriu inquérito sobre os desaparecimentos em outubro de 2017, finalmente encerrou o caso sobre uma das vítimas, Amri Che Mat, um ativista cujo desaparecimento foi semelhante ao do pastor Raymond Koh. O presidente do painel de inquérito, Datuk Mah Weng Kwai, declarou que o caso “pode ser reaberto pela disponibilidade de uma potencial testemunha”. Ele apresentou a decisão unânime, pois uma testemunha-chave do sequestro não compareceu, embora tenha recebido notificação para fazê-lo repetidamente.

Susanna Koh, esposa do pastor Raymond Koh, que tem dado apoio emocional à esposa de Amri, comentou: “Estou feliz pelo inquérito público da Suhakam e pelo compromisso dos advogados, que perseveraram apesar de a polícia não colaborar às vezes. O inquérito nos deu algumas respostas para as muitas perguntas; no entanto, ainda estamos longe da verdade sobre o que aconteceu com o pastor Raymond Koh e com os outros que também desapareceram. Tem sido um processo longo e, de certo modo, estou feliz que esteja chegando ao fim e espero que as conclusões e recomendações possam ser feitas às Procuradorias-Gerais, ao Parlamento e às Nações Unidas”.

Quanto ao caso do pastor Koh, a última testemunha está agendada para comparecer no dia 30 de novembro. Seu nome é Datuk Awalludin Jadid, que foi mencionado por um delator como a pessoa que liderou a operação. A questão é que ele está em licença de quatro meses por câncer de estágio 4 no cólon (porção média do intestino grosso que vai do ceco ao reto). Susanna pede orações para que essa testemunha seja constrangida a falar a verdade sobre o que aconteceu no dia do sequestro. Ela acrescentou que a família tem esperança de que a verdade e a justiça prevalecerão na Malásia.

Leia mais
Mensagem da esposa do pastor Raymond Koh
Petição por Raymond Koh é entregue à embaixada da Malásia
Malásia retoma inquérito sobre pastor Raymond Koh


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE