Chibok é atacado novamente por radicais islâmicos

Vilarejo é alvo dos extremistas pela quarta vez somente em 2022

| 04/05/2022 - 16:30

No primeiro trimestre, 679 ataques aconteceram no estado de Borno, onde fica Chibok (foto representativa)

No primeiro trimestre, 679 ataques aconteceram no estado de Borno, onde fica Chibok (foto representativa)


Nesta terça-feira(3), a vila de Kautikari, que fica na área de Chibok, na Nigéria, foi atacada novamente pelo Estado Islâmico na Província da África Ocidental (ISWAP). De acordo com os jornais locais, os extremistas entraram na vila durante a noite e começaram a atirar nos moradores. Muitos conseguiram fugir para a floresta mais próxima, mas oito pessoas foram mortas no incidente.

Kautikari e várias outras aldeias em Chibok são predominantemente cristãs e são alvos constantes dos ataques de radicais islâmicos. “Minha comunidade está sob ataque, este é o quarto somente este ano, por favor, orem por nós”, disse um morador em entrevista ao jornal SaharaReportes.

Em 15 de janeiro, o ISWAP atacou a vila, matou três pessoas e sequestrou quatro meninas. Além disso, o grupo saqueou e destruiu propriedades, incluindo duas igrejas. Pela graça de Deus, as garotas já foram libertadas.

Na época, o governador do estado de Borno, Babagana Zulum, disse aos membros do Senado nigeriano: “À medida que os insurgentes do Boko Haram continuam a se render aos milhares, os terroristas do ISWAP se tornam mais sofisticados, mortais e continuam a aumentar em número. Os combatentes do ISWAP são mais sofisticados, educados, armados e brutais do que os terroristas; suas operações estão se tornando mais pronunciadas ao redor do Sul e extremo Norte do estado de Borno. Eles têm postos de controle entre Damboa e Biu e estão coletando impostos das comunidades nessas áreas”.

Os ataques violentos aumentaram no Norte da Nigéria. Entre janeiro e março, aconteceram 679 incidentes relacionados a grupos armados apenas no estado de Borno. O resultado foi a morte de 340 civis. De acordo com os dados da Lista Mundial da Perseguição 2022, 4.659 cristãos foram assassinados no território nigeriano.

Igreja sob ataque!

Você não precisa se sentir impotente diante dos dados violentos contra cristãos na Nigéria. Há uma arma poderosa capaz de mudar a história de nossos irmãos: a oração. Organize o Domingo da Igreja Perseguida (DIP) 2022 em sua igreja e participe do maior movimento nacional de oração em favor dos cristãos perseguidos.






Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE