Cinco motivos para interceder pela Síria

Apresente a realidade de cristãos no país que precisam lidar com as consequências de uma guerra que já dura oito anos

“Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.” Efésios 6.18

No livro de Efésios, Paulo nos ensina a orar em todas as ocasiões e perseverarmos na oração por todos os santos. Hoje, nosso pedido é que você interceda por nossos irmãos e irmãs na Síria. O país é considerado protagonista da “maior crise de deslocados no mundo”, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Mais de metade da população síria antes da guerra – 22 milhões – deixou suas casas. Segundo a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos, 511 mil pessoas já morreram.

Além disso, a guerra, que começou como uma revolta popular em 2011, tem raízes mais profundas e complicadas do que costuma ser noticiado. Isso explica, em parte, porque o conflito evoluiu com rapidez para um conflito extremamente violento que já dura oito anos. Para apoiar os cristãos perseguidos na Síria, a Portas Abertas desenvolve vários tipos de projetos, como reconstrução de casas e igrejas, reabertura de escolas e bibliotecas, e microcrédito.

No entanto, há ainda uma grande necessidade de ajuda emergencial e distribuição de cestas básicas para os irmãos. Através de parceiros locais a Portas Abertas distribui alimentos para 15 mil pessoas na Síria. Sua doação possibilita que, em um mês, três cristãos recebam cestas básicas. É por isso que lhe convidamos a interceder pelo país.