Como um ex-soldado em Mianmar levou uma vila budista a Cristo

Saiba como, apesar de como enfrentar tanta perseguição, pastor Dano conseguiu apresentar Jesus para sua vila

| 31/07/2020 - 06:00

Atualmente, Dano pastoreia uma igreja na vila e almeja alcançar outras duas vilas

Atualmente, Dano pastoreia uma igreja na vila e almeja alcançar outras duas vilas


Nós já falamos sobre a relação do pastor Dano*, de Mianmar, com os chefes de sua vila. Porém, certo dia, o filho do vice-chefe foi possuído por demônios após ir até a floresta onde os espíritos vivem. A família do jovem consultou os arkar, que são magos, mas eles não puderam ajudar. Então foram até o monge budista para pedir ajuda, mas o jovem rapaz piorou. Quando toda a esperança parecia ter ido embora, a família lembrou que o pastor Dano costumava orar pelos doentes e eles eram curados.

Foi quando pediram ajuda ao pastor Dano, apesar de estarem relutantes, já que tinham se oposto a ele. “A família do vice-chefe pensou que eu ficaria bravo e me recusaria a ajudar, mas eu vi isso como uma boa oportunidade para chegar até eles”, disse o pastor. Ele jejuou e orou por três dias. Depois foi até a casa do rapaz, mas quando o viu, o jovem saiu correndo.

Os moradores o procuraram e só voltaram às 23h. O pastor Dano mandou o demônio sair, mas ele permaneceu no santuário. O pastor Dano tentou queimar o santuário, mas este não pegava fogo. Finalmente, após jogar diesel, o santuário queimou. Ele clamou ao nome do Senhor e o espírito deixou o rapaz. O mais incrível não é que apenas um demônio fugiu, mas que todos os outros espíritos da vila fugiram. Isso foi o que os adivinhos disseram ao pastor Dano ao implorar que os trouxesse de volta.

“Os moradores, porém, não ficaram felizes já que seus espíritos os deixaram. Reclamaram para o chefe e tentaram me matar”, compartilhou. Os médiuns da vila sacrificaram e imploraram para que os espíritos voltassem, mas eles não o fizeram. O pastor Dano orou em algumas áreas, lugares onde ficavam os templos espirituais. No dia seguinte, todos os santuários da vila tinham sido queimados. Ninguém sabe o que aconteceu. Foi um verdadeiro milagre.

Porém, o maior milagre foi que o vice-chefe e sua família, junto com outras quatro famílias aceitaram a Cristo como seu salvador. Pouco a pouco, outros moradores conheceram ao Senhor e aceitaram a Cristo. Moradores que se opuseram a ele agora o ouviam e estavam sendo conduzidos por ele. Esses foram momentos de triunfo para o pastor Dano, afinal suas orações foram respondidas e agora toda a vila adora a Cristo. Atualmente, Dano pastoreia uma igreja na vila e almeja alcançar outras duas vilas.

*Nome alterado por segurança.

Provisão que muda vidas
A perseguição em países budistas também assume a forma de pobreza devido à negligência do governo, crianças enfrentam bullying nas escolas e cristãos ex-budistas perdem os empregos. Ela pode ainda se apresentar na forma de casamentos desintegrados, perda de cidadania ou boicote ao comércio de cristãos. Essa perseguição é invisível, mas severa. Faça a diferença na vida de alguém. Com uma doação, você permite que um cristão ex-budista, em um país asiático, receba capacitação para geração de renda.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE