Coreia do Norte reconhece caso de COVID pela primeira vez

Cristãos secretos permanecem confiando no Senhor

| 17/05/2022 - 08:00

Governo intensifica vigilância, procurando encontros e itens suspeitos

Governo intensifica vigilância, procurando encontros e itens suspeitos


Dois anos após a primeira onda de COVID-19, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, assumiu o primeiro caso da variante Ômicron na capital, Pyongyang. Kim declarou estado de emergência e reforçou o isolamento social em todas as regiões do país para evitar novos casos da doença. Com isso, a vida dos cristãos secretos e suas atividades foram afetadas.
 

Desde o final de 2019, a COVID-19 se tornou um obstáculo, pois aumentou a rigidez no país. Ainda assim, Deus tem sido fiel em guiar os projetos dos cristãos norte-coreanos no caminho e tempo certo.

Uma fonte afirmou que “a pandemia do coronavírus e outros desastres naturais que aconteceram nesse período dificultaram a situação, mas o Senhor nos manteve unidos, como um só corpo, compartilhando a fé em Jesus. Nós andamos como o peregrino que confia e segue o Senhor”.

O isolamento regional abalou a economia, aumentando os preços dos produtos e alimentos diariamente. O governo estreitou o controle social e está observando todas as atividades suspeitas, encontros, viagens e porte de qualquer item estranho.

Sejamos um só coração em oração pela igreja secreta na Coreia do Norte que tem fixado os olhos na “glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo” (1Pedro 5.10).

Apoio para cristãos refugiados

Por causa da perseguição, muitos cristãos norte-coreanos deixam o país e correm o risco de serem deportados e até mesmo executados pela fé em Jesus. Com sua doação, eles podem permanecer seguros e encontrar abrigo.
 

Pedidos de oração 

  • Interceda pelos ministérios e projetos da igreja secreta na Coreia do Norte para que Deus proteja e conduza. 
  • Ore para que o Senhor mantenha os irmãos fortes durante a pandemia e cuide de todas as necessidades físicas e espirituais deles. 
  • Peça que a situação política e da saúde se equilibrem em breve na Coreia do Norte e em outros países que vivem desafios parecidos.


     

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE