Coreia do Norte liberta americano preso por deixar Bíblia em hotel

| 22/10/2014 - 00:00


22_JEFFREY-FOWLE_site.jpg
O site da revista Veja noticiou ontem (21), que um dos três prisioneiros americanos mantidos na Coreia do Norte foi libertado e está a caminho dos Estados Unidos. Segundo o Departamento de Estado, Jeffrey Fowle embarcou em uma aeronave militar e voou para a ilha de Guam, território americano no Oceano Pacífico.

Fowle, que entrou no país com um visto de turista, estava preso há seis meses por deixar uma Bíblia no hotel em que se hospedava. A versão dos oficiais da polícia coreana é que ele deixou o ‘Livro perigoso’ em uma boate na cidade portuária de Chongjin, no norte do país. 

Obrigados a viver somente em segredo, os cristãos coreanos não ousam compartilhar sobre a sua fé. Qualquer pessoa descoberta em atividade religiosa está sujeita à detenção, desaparecimento, tortura e até mesmo execução pública.

Pelo 12º ano consecutivo, a Coreia do Norte é o local onde a perseguição cristã é mais extrema. A adoração ao líder Kim Jong-Un e seus antecessores não deixa espaço para nenhuma outra religião. Os cristãos enfrentam uma pressão extrema em todas as esferas da vida. No entanto, a Igreja está crescendo: há cerca de 400 mil cristãos no país.

Leia também
Coreia do Norte admite existência de campos de concentração para reformar cidadãos


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco