Cristã ex-muçulmana ainda é hostilizada por marido

| 11/10/2017 - 00:00


Cristã ex-muçulmana é expulsa de casa pelo marido  

Hoje vamos nos lembrar da nossa irmã Hamida*, do Quirguistão. Há quinze anos, ela abandonou o islamismo para seguir a Cristo; mas seu marido, Amrid*, é muçulmano. Após sua peregrinação a Meca esse ano, em cumprimento a um dos cinco pilares do islamismo, ele começou a hostilizar sua esposa cristã. Ele chegou a prendê-la no celeiro por quatro dias, mas ela conseguiu fugir e foi acolhida pelos irmãos da igreja.

Quando Hamida já estava na Casa Segura (um abrigo apoiado pela Portas Abertas, que oferece reabilitação emocional e espiritual para cristãos perseguidos), a família armou um esquema com a polícia para descobrir onde ela estava. Ela foi, então, forçada a voltar para casa. Nesta ocasião, a família assinou um documento na qual concordava em não bater nela, nem oprimi-la de forma alguma, e também em permitir que ela praticasse sua fé.

Amrid não pode agredir Hamida, mas continua pressionando-a, trancando-a dentro de casa e escondendo seus documentos, de forma que ela não pode sair. Ela enfrenta bullying e ameaças, e não pode ir à igreja e nenhum irmão pode visitá-la, o que a faz se sentir muito sozinha e isolada.

É muito difícil para nossa irmã viver nesse ambiente. Continue orando por esta corajosa mulher de fé. Clame para que ela permaneça firme diante de todas as dificuldades. Peça por segurança e paz, e para que ela seja livre dessa situação. Interceda também pela salvação de Amrid e pelos três filhos do casal.

*Nomes alterados por motivos de segurança.

Leia mais
Cristã que havia sido expulsa de casa agora pode voltar
Cristã ex-muçulmana é expulsa de casa pelo marido


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2023 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco