Cristão é perseguido por evangelizar muçulmanos

| 17/08/2017 - 00:00


Hussein vive no Chifre da África. Ele próprio não é um cristão ex-muçulmano, mas é um dos melhores evangelistas de muçulmanos na região onde vive. Ele começa a falar sobre Jesus usando o Alcorão e depois de um tempo, a Bíblia vira o material de evangelismo dele.

Hussein entregou a vida a Cristo por meio de uma professora que pregou o evangelho para ele. Depois de se formar, sentiu Deus chamando-o para o ministério. “O Senhor abriu uma porta para que eu recebesse treinamento para evangelismo intercultural, ministrado pela Portas Abertas. Foi então que comecei a pregar o evangelho entre os muçulmanos”, diz.

O preço do ministério

Durante seus anos como missionário, ele enfrentou muitos perigos. Repetidamente foi alvo da raiva dos muçulmanos locais. “Uma vez, colocaram veneno em minha comida e tive que ser hospitalizado”, conta ele. Em outro momento, foi levado à prisão depois de pregar em uma cidade e muitas pessoas se converterem a Cristo. “Eles me perguntavam por que eu perturbava a paz dessa forma. Eles me batiam e permitiam que outros prisioneiros fizessem o mesmo”.

Após ser solto, Hussein decidiu deixar a cidade e continuar seu ministério em outro lugar. Mas até mesmo a igreja local estava receosa em apoiá-lo, temendo ataques. “No meio de tantos desafios, a proteção e o encorajamento do Senhor me ajudaram muito”.

Apoio da família da fé

Hussein recebe apoio logístico da Portas Abertas. Ele ganhou uma motocicleta e Bíblias em pequenos cartões digitais de memória, ambos imprescindíveis para seu trabalho. “A moto me ajuda a chegar aos lugares muito mais rápido. Ela também me protege de ataques”, explica ele. “Além disso, as Bíblias em cartões tornam o trabalho secreto. Uma vez, estava evangelizando 66 pessoas. Não poderia carregar 66 Bíblias, mas consigo carregar 66 cartões”, alegra-se Hussein.

O irmão agradece a Deus pelos treinamentos, pelo apoio com o transporte e com as Bíblias em cartões. “Deus os abençoe! Continuem este ministério. Outros missionários ao redor do mundo precisam de ajuda como eu”. Ele pede oração por proteção, pelo serviço a Deus, por sua família e pelos novos convertidos. Ore por ele hoje.

*Nome alterado por motivos de segurança.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2023 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco