Cristãos fogem de ataques na Síria

Forças armadas da Turquia realizaram ataques no país

| 24/09/2021 - 16:30

Muitos seguidores de Jesus sírios deixaram as casas após os ataques da Turquia

Muitos seguidores de Jesus sírios deixaram as casas após os ataques da Turquia


Os recentes ataques da Turquia no Nordeste da Síria expulsaram mais cristãos das casas, de acordo com o relato de líderes cristãos locais. A cidade de Tel Tamr, no Vale de Khabur, na Síria, é a maior da região que foi atingida pelos ataques turcos nas últimas semanas. "Os bombardeios turcos destruíram duas escolas, um prédio municipal, uma padaria e uma linha de energia na área", disse Matai Hanna, porta-voz do Conselho Militar da Síria, ao portal de notícias VOA News 

 
O Conselho Militar faz parte de uma aliança chamada Forças Democráticas Sírias que tem sido apoiada e liderada pelos Estados Unidos na luta contra o Estado Islâmico. A Turquia, no entanto, considera o grupo uma organização terrorista e, em outubro de 2019, iniciou uma ofensiva com a ajuda das milícias sírias, para levá-lo de volta a Síria. 

 
Crimes de guerra 

O Vale de Khabur foi o lar de uma próspera comunidade assíria de aproximadamente 15.000 pessoas que viviam em várias aldeias. Em 2015, o Estado Islâmico destruiu a maioria delas, incluindo 11 igrejas, fazendo com que milhares fugissem. Dos 3.000 assírios que já viviam em Tel Tamr, restam cerca de 600, e isso inclui cristãos que fugiram de suas casas em aldeias vizinhas, segundo informa uma fonte local a Portas Abertas. 

 
Desde o ataque da força militar turca em 2019, a área tornou-se uma zona de conflito, com mais deslocamentos. Grupos de direitos humanos e ativistas acusam as forças turcas de cometer crimes de guerra contra curdos e minorias étnicas e religiosas no nordeste da Síria, e seu "programa de engenharia demográfica", envolvendo o reassentamento de refugiados de outras partes da Síria. 

 
"A Comissão Internacional Independente de Inquérito da ONU sobre a República Árabe Síria documentou violações significativas dos direitos humanos na área contra a população civil, em casos particulares de conversão forçada ao islã dos yazidis, bem como outras violações contra os curdos", disse um porta-voz de advocacy da Portas Abertas.  

 
"Convocamos todas as partes envolvidas no conflito no Nordeste e Noroeste da Síria a parar urgentemente quaisquer violações dos direitos humanos, como privação arbitrária de liberdade, assassinatos, deslocamento forçado, tortura e violência sexual, que estão afetando especialmente membros de minorias religiosas nessas áreas", finalizou.  

 
Pedidos de oração 

  • Apresente em oração os cristãos na Síria que tiveram que fugir de casa durante os ataques, para que o Senhor traga provisão e os mantenha firmes na fé. 
  • Clame pelas autoridades do país e forças armadas, para que Deus derrame sabedoria sobre eles e tomem decisões visando o bem de todo o país. 
  • Interceda pelos líderes cristãos e os parceiros Portas Abertas na Síria, para que eles continuem levando esperança e abençoando vidas. 

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE