Cristãos hospitalizados são ameaçados por extremistas hindus

| 17/11/2015 - 00:00



De acordo com informações locais, logo após o ataque a uma vila, na região central da Índia, muitos cristãos tiveram que ser hospitalizados com graves ferimentos. Os atacantes, que usaram pedaços de pau para ferir os membros de uma igreja, fizeram ameaças para quem prestasse queixa na delegacia, relatando o ocorrido.

Mesmo sob ameaça, muitos cristãos procuraram a polícia e também informaram a mídia. Um dos aldeões que não se identificou por medo de ser reconhecido pelos extremistas, disse: “Eles foram até o hospital e ameaçaram um por um, dizendo: ‘Se você não retirar a queixa, você vai morrer’. Eles estão furiosos, porque alegam que os cristãos jogaram fora os deuses hindus”.

Alguns cristãos foram levados até o templo hindu local e forçados a reiniciar no hinduísmo. Após os ataques, muitos tiveram que assinar declarações, afirmando o abandono do cristianismo. “A maioria dos que tiveram que assinar as declarações era de analfabetos. Eles nem podiam ler o que estava escrito. Agora eles pertencem novamente a uma casta hindu e estão proibidos de entrar em qualquer igreja cristã, sob pena de serem presos, caso desobedeçam. Isso não é justo”, disse o aldeão.

A Índia está na 21ª colocação da Classificação de Perseguição Religiosa 2015. O número de ataques a igrejas instaladas em pequenas aldeias tem crescido consideravelmente nos últimos meses. Ore por isso.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE