Cristãos no Iêmen pedem orações

| 24/05/2017 - 00:00


24-iemen-familia-nas-ruas

As autoridades iemenitas declararam estado de emergência em Saná, capital do Iêmen, após um surto de cólera, infecção intestinal causada por diversos tipos de bactérias e que pode ser fatal caso não seja tratada a tempo. ""Há pacientes dormindo no chão do hospital porque os leitos estão todos ocupados"", disse um cristão que observou a situação.

De acordo com o Núcleo de Saúde da ONU, já ocorreram 124 mortes relacionadas à cólera, entre o dia 27 de abril e 14 de maio. Além disso, há 11.046 novos casos de suspeita de cólera, relatados em 18 regiões diferentes. ""Estamos planejando uma campanha de conscientização contra a doença para as próximas semanas e precisamos com urgência que todos os irmãos orem pela nossa proteção e para a cólera não se espalhar ainda mais"", pediu o cristão.

O surto de cólera é mais uma preocupação que se desencadeou logo após a crise, iniciada há mais de dois anos no país, quando a guerra civil aconteceu no Iêmen. De lá para cá, mais de 10 mil pessoas foram mortas e há milhões de deslocados vivendo em más condições. A nação está em 9º lugar na atual Lista Mundial da Perseguição e a igreja vive em meio à uma turbulência política, o que faz aumentar ainda mais a perseguição aos cristãos. Oremos por eles.

Leia também
Como vivem os cristãos no Iêmen
Cristãos vivem em meio a um desastre humanitário


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE