Cristãos são condenados por propaganda contra governo do Irã

Um dos réus foi impedido de falar durante julgamento e advertido a interromper atividades cristãs

| 14/01/2020 - 07:00

Cristãos no Irã são condenados com o argumento de estarem fazendo propaganda contra o governo

Cristãos no Irã são condenados com o argumento de estarem fazendo propaganda contra o governo


Escolher seguir a Jesus no Irã tem custado caro para Asghar Salehi, Mohammadreza Rezaei e outro cristão. Eles foram condenados a seis meses de prisão por causa da fé e de atividades cristãs. Em setembro de 2018, as casas deles foram invadidas por agentes da inteligência iraniana e os cristãos foram detidos. Ashgar passou por um longo interrogatório de três dias e ficou preso em Eghlid por mais oito dias. Sob fiança, o cristão foi libertado.

Em abril de 2019, os três seguidores de Jesus foram convocado para uma audiência no Tribunal Penal de Eghlid e receberam acusação de fazer propaganda contra a república islâmica. Asghar foi impedido, pelo juiz, de se pronunciar e também recebeu ordem para interromper as atividades cristãs antes de retornar a outro julgamento.

Em setembro de 2019, os três homens compareceram no mesmo tribunal e mais tarde receberam a condenação de seis meses de prisão por “propaganda contra o sistema”, utilizando o cristianismo simpatizante ao judaísmo. Em dezembro, a sentença foi aplicada e Asghar foi preso enquanto trabalhava. Os três cristãos cumprem a pena no mesmo presídio, em Eghlid. Apesar de estarem reclusos, eles encontraram motivos para ter o coração grato a Deus; eles estão agradecidos por estarem em uma cela com acesso a um quintal e ar fresco. Mas todos temem pelo bem-estar dos familiares.

O Irã é o 9º país na Lista Mundial da Perseguição 2019. Os cristãos locais enfrentam a opressão islâmica e a paranoia ditatorial, que são responsáveis pela prisão, humilhação pública, fechamento de igrejas domésticas, expulsão de faculdades e até a morte dos seguidores de Jesus. O cristianismo é considerado uma influência ocidental e a conversão de um iraniano de origem islâmica para a religião é fortemente combatida.

Pedidos de oração

  • Interceda pelos três cristãos iranianos condenados a seis meses de prisão. Para que Deus encha o coração deles de paz e dê estratégias para serem testemunhas de Cristo.
  • Peça que o Senhor conforte o coração dos familiares dos cristãos presos, que eles tenham paz e plena confiança no pai.
  • Ore para que os líderes da República Islâmica do Irã tenham um verdadeiro encontro com Jesus e sabedoria para governar com justiça.
  • Clame a Deus pelos cristãos perseguidos do país, para que sejam protegidos e que recebam a paz que excede todo entendimento, mesmo em situações de perseguição.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE