#EspecialNigéria: De onde vem tanta violência?

| 27/05/2016 - 00:00


27Mai_EspecialNigeria

Embora constitucionalmente a Nigéria seja considerada um estado secular, com liberdade de expressão e de religião, isso faz parte apenas de uma teoria, na prática é uma nação que enfrenta um dos níveis mais altos de perseguição aos cristãos, ocupando atualmente o 12º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa. Há quase 40 anos a elite governante do norte do país tem dado um tratamento preferencial aos muçulmanos, discriminando as demais religiões.

Os cristãos compõem cerca de 50% da população nigeriana que é composta por 187 milhões de habitantes. Desde 1999, a sharia (lei islâmica) foi imposta em 12 dos estados nordestinos, o que abriu as portas para o extremismo e o radicalismo religioso. A origem da violência se deu quando o sultão de Sokoto, Muhammad Saad Abubakar, líder espiritual dos muçulmanos nigerianos, conhecido por suas visões extremistas, fez algumas declarações provocantes, e em uma delas encorajou os muçulmanos a espalharem o islamismo de forma ""agressiva"", desde então houve ataques incessantes e como resultado milhares de mortos, igrejas destruídas e muitos sequestros.

Uma das principais fontes de violência é o grupo radical islâmico Boko Haram, além dos pastores muçulmanos Fulani, fazendeiros e agricultores também conhecidos como o ""maior povo nômade do mundo"". Sabe-se que a violência desses grupos tem o foco voltado para os seguidores de Jesus. Muitos já perderam suas casas, igrejas, famílias, empregos e comércios; perderam também o direito a uma vida digna, de expressar seus pensamentos e de confessar sua religião. ""Perdemos tudo, menos a fé; cremos que Deus é o doador de todas as coisas e ele vai restituir o que foi arrancado de nós"", disse um cristão nigeriano perseguido que não pode ser identificado por motivos de segurança. Em suas orações, interceda por eles.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE