“Deus tem um plano para cada um de nós”

Líder cristã que serve à igreja há mais de 25 anos compartilha o testemunho

| 10/05/2021 - 16:35

A cristã Neda conta sobre a trajetória liderando uma igreja doméstica no Irã (foto representativa)

A cristã Neda conta sobre a trajetória liderando uma igreja doméstica no Irã (foto representativa)


A cristã Neda* trabalha em prol do reino de Deus no Irã há mais de 25 anos e não pretende parar tão cedo. Mesmo com medo da perseguição que poderá sofrer dos governantes do país, ela quer compartilhar o testemunho para que a igreja iraniana seja fortalecida em oração.

Neda é uma senhora e além do seu papel de líder da igreja, também é mãe de quatro filhos. A primeira experiência com Deus foi muito antes de se converter. “Quando eu era criança, havia uma enfermeira cristã que havia dito ao meu pai que eu era uma filha de Deus. Depois, quando me converti, quase 20 anos depois, encontrei essa enfermeira novamente em uma igreja doméstica: um sinal claro de que Deus tem um plano para cada um de nós”, compartilha a cristã.

A seguidora de Jesus se converteu quando encontrou uma Bíblia escondida em uma gaveta do marido e se surpreendeu, pois o companheiro era muçulmano. Quando ela começou a ler as Escrituras, em segredo, seu coração também foi tocado. “Eu me interessei pelo cristianismo e visitei uma igreja várias vezes. Foi aí que me converti. Quando a perseguição aumentou e não pudemos mais visitar a igreja, meu marido e eu decidimos começar uma igreja em casa”, relembra Neda. 

A perseguição no Irã

No país, que ocupa o 8º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2021, a perseguição aos seguidores de Jesus é extrema em todas as esferas da vida. As prisões daqueles que não abrem mão do evangelho também são frequentes. O filho da cristã compartilha sobre a trajetória de perseguição da família: “Às vezes, a pressão para abdicar o evangelho era tanta que temíamos a perseguição e só podíamos estar em segurança em família. Um de nós lideraria os louvores e o outro tocava algum instrumento enquanto cantávamos. Meu pai era quem pregava. Sempre pensávamos: o que aconteceria se alguém nos pegasse? Estávamos muito assustados, mas decidimos continuar”. (Essa história continua).

* Nome alterado por segurança.

Assine a Revista Portas Abertas

Na Revista Portas Abertas de maio, falamos sobre os cristãos presos em todo o mundo por não abrirem mão do evangelho. Ao assinar a Revista, você a recebe em casa por 12 meses e pode se envolver ainda mais com a causa dos cristãos perseguidos. Conheça também nossa campanha do mês, de apoio a cristãos presos, e faça a diferença na vida dos nossos irmãos e irmãs encarcerados.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE