“Ela ainda chora todos os dias”, conta filha de cristã que perdeu caçula

Kuweni luta para superar a morte do filho Kevin em ataque de Páscoa no Sri Lanka

Quando a Zion Church foi atacada no domingo de Páscoa em 2019, no Sri Lanka, Kuweni perdeu o filho caçula, Kevin, e, desde então, convive com a dor do luto. Dois anos após o incidente, a cristã ainda não consegue retornar ao local. “Ela ainda chora todos os dias e diz que nunca mais vai voltar à igreja”, conta a filha Dina.

O pai da família, Kugan, sai para trabalhar e Kuweni fica cuidando do armazém da família, mas apesar da rotina parecer normal, a cristã está com dificuldade de conviver com a perda de Kevin. O garoto era muito apegado à mãe, e eles passavam a maior parte do tempo juntos. No dia em que morreu, o caçula fez uma pergunta intrigante à ela: “Naquela manhã, Kevin me perguntou o que eu faria se ele morresse”.

Kuweni ficou incomodada com a pergunta e respondeu: “Eu o repreendi e disse: ‘Somos filhos de Jesus. Nada disso vai acontecer’”. Porém, naquele mesmo dia, a criança foi uma das 259 vítimas das explosões de bombas em igrejas e hotéis do país. Hoje, ela explica que não consegue ir mais à igreja porque quando vê outras crianças brincando fica com raiva e começa a pensar em como seria Kevin caso não tivesse morrido.

A dor latente na cristã a impede de sair de casa e tem causado outros problemas de saúde: “Meus dois joelhos estão doendo. Estou fazendo tratamento para melhorar isso”. Embora os ataques de Páscoa no Sri Lanka tenham ocorrido há dois anos, Kuweni precisa das orações e apoio dos irmãos e irmãs ao redor do mundo para ser curada e viver os propósitos de  Deus para ela.

Seja #UmComEles na adversidade

Assim como Kuweni, cristãos no Egito estão perdendo os entes queridos em ataques extremistas em massa, principalmente em datas como Páscoa e Natal. Interceda pela cura deles e contribua para que recebam treinamento, saibam reagir à perseguição biblicamente e consigam socorrer outros irmãos na fé em tempos de maior pressão.

Pedidos de oração