Experimentando a proteção de Deus

Apesar das diversas ameaças, pastor Dano vivenciou o cuidado de Deus em diversos momentos de perigo por causa da fé

| 22/07/2020 - 16:30

Mesmo o pastor Dano sendo seriamente ameaçado, ainda assim os moradores vão até ele quando precisam de ajuda

Mesmo o pastor Dano sendo seriamente ameaçado, ainda assim os moradores vão até ele quando precisam de ajuda


Dano*, ex-soldado em Mianmar, começou a se envolver no ministério de servir a Deus. “Minha esposa e eu estávamos orando juntos, quando tive a visão de uma vinha cheia de uvas, completamente maduras e esperando para serem colhidas. Um anjo me pediu para colher as uvas e comê-las. Se eu não colhesse, enviaria outra pessoa.” Ao contar ao pastor sobre a visão, Dano foi orientado que primeiro frequentasse um seminário. Mas por ser um homem muito determinado, Dano foi direto para a vila.

Lá, abordou o chefe da vila porque gostaria de ensinar as crianças de graça. O chefe e o vice-chefe deram a ele orientações severas para que não pregasse e até elaboraram um acordo declarando que os moradores fariam queixas aos oficiais do exército caso pregasse a fé cristã. Ele orou por três dias sobre se deveria assinar o acordo ou não. Quando sentiu segurança e não estava mais com medo, voltou e assinou o acordo que não iria pregar, mas decidiu ensinar pequenos versículos bíblicos e canções para as crianças.

Além disso, ele acordava às 4h da manhã e orava pela vila, porém, os moradores reclamavam para o chefe e pediam para que não orasse mais: “Eu então decidi orar à meia-noite”. Dano compartilhou que costumava andar ao redor da vila ao orar. Dessa forma, lutava e batalhava contra espíritos maus que habitavam a terra. “Nossa família jejuava e orava todo sábado, além de adorar no culto aos domingos.”

A família apoiou Dano em tempos difíceis. Os filhos, com frequência, eram ameaçados por outras crianças e professores na escola, os forçando a fazer orações budistas. O chefe ainda tentou tirar a terra onde viviam. Dano acreditava que Deus protegeria ele e sua família. “Eu dediquei toda a minha família e eu mesmo a Deus. Ele é bom e nos protege do perigo. Está escrito na Bíblia que sem a permissão de Deus, nem um único pássaro cai no chão. Muitas vezes, o chefe da vila e o vice-chefe me procuram para me torturar e matar. Mas de formas milagrosas, eles não me encontram e eu escapo.”

Em um dos incidentes, o pastor Dano foi mantido sob a mira de uma arma, mas ela não funcionou. Os moradores ficaram tão espantados e preocupados que deixaram ele sozinho. Mesmo o pastor Dano sendo seriamente ameaçado, ainda assim os moradores vão até ele quando precisam de ajuda.

*Nome alterado por segurança.

Transforme a vida de cristãos ex-budistas
O tipo de perseguição que cristãos enfrentam em países budistas está mais relacionado à pressão do que à violência. Essa última até existe, mas a pressão já está na estrutura da sociedade. Faça a diferença na vida de alguém. Com uma contribuição, você permite que um cristão ex-budista, em um país asiático, receba capacitação para geração de renda.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE