Famílias sírias recebem apoio de igrejas cristãs

Com a paz momentânea, líderes estão otimistas na reconstrução do norte do país

| 04/11/2019 - 16:00

Cristãos de Qamishli oram pela paz na Síria

Cristãos de Qamishli oram pela paz na Síria


Os cristãos do norte da Síria respiram mais aliviados desde que a criação da zona de segurança entre a fronteira da Turquia foi estabelecida. Além disso, o acordo que o exército turco fez de cessar fogo para que as tropas curdas se retirassem da área também trouxe uma calma à população.  

De acordo com o pastor George, da Aliance Church em Qamishli, as notícias alegraram a todos que participaram da reunião de oração que fizeram no dia final do “cessar-fogo”. Com confiança, eles pediram a Deus para protegê-los e não permitir que nada ruim acontecesse. “Não podemos dizer que estamos em completa paz. As pessoas deslocadas não retornaram para as casas, mas o acordo deu esperança de que um dia poderão retornar. Nós estamos ansiosos para ver o que irá acontecer”, explicou o líder cristão.

Como um passo de fé, a igreja do pastor George, que tinha interrompido a construção desde 2013, voltou a ser edificada mesmo em tempos de incertezas. “Nós recomeçamos a reforma, apesar das circunstâncias. Eu coloquei o primeiro bloco para construção. Nós confiamos que Deus irá continuar o trabalho e que, apesar de tudo, ele nos ajudará e protegerá”, testemunha.

Para o pastor Naeem Yousef, da Alliance Church em Malikiyah, o acordo entre Rússia e Turquia, e os deslocamentos de pessoas podem ser usados para compartilhar o amor do Senhor: “Nós oramos para que Deus nos ajude a investir nestes tempos de dificuldades para refletir a beleza e a graça dele”. O líder conta que os deslocados dos municípios de Ras al Ain e de Afrin estão recebendo ajuda médica enviada pela igreja na cidade-abrigo de Al Maabadah.

As pessoas deslocadas também estão encontrando suporte na cidade de Al Hakasakah. A coordenadora do trabalho, Nazira, explica que os sírios têm necessitado mais do que suprimento com comida e abrigo. “Eles precisam de oração para se sentirem em segurança, estão com medo porque o futuro não está claro. E eu preciso de força, porque ter contato com eles é difícil. Tenho falado sobre Deus, isso tem dado boas experiências”.

Continue a orar e contribuir com irmãos na Síria

A Portas Abertas já atua na Síria em projetos de reconstrução de casas, igrejas e escolas, para que os cristãos deslocados possam voltar para as cidades de origem. Com os conflitos entre Turquia e Forças Armadas curdas no norte do país, a necessidade atual é de distribuição de alimentos. Faça uma doação e abençoe três famílias cristãs com cestas básicas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE