Hadas agradece a Deus pelo cuidado de seus novos amigos

| 30/09/2008 - 00:00


Em maio de 2007, a Portas Abertas começou uma campanha de cartas para a família de um pastor da Eritréia que estava preso – sua esposa Hadas e suas três filhas: Azeb (14), Saba (12) e Miniya (10). Portas Abertas as visitou recentemente.

“Ouça o que diz”, disse Saba com os olhos brilhando enquanto ela segurava alguns cartões que a Portas Abertas havia levado para elas. “Querida irmã e filhas. Nós esperamos que você e suas filhas estejam bem. Nós estamos orando por vocês. Todos aqui em nossa igreja também estão orando por seu marido...” leu Saba, entusiasmada.

“Aqui tem uma para mim”, disse Miniya, a filha mais nova de Hadas, enquanto balançava no ar um cartão endereçado a ela. Ela leu a carta em voz alta: “Querida Miniya, como você está? Eu moro com minha mãe. E estou escrevendo esta carta para você...”.

Depois de ler toda a carta, Miniya olhou para cima e disse: “Uau, isso é lindo!”.

“Onde está a minha? Mmmmm… Onde está a minha”, resmungou Azeb, a irmã mais velha, enquanto impacientemente remexia as cartas procurando uma endereçada a ela. Minya a ajudou a procurar e gritou de alegria: “Aqui está! ‘Queridas Hadas, Azeb, Saba and Miniya...’”. Ela parou de ler e exclamou com alegria: “Oh, esta é para todas nós!”.

Hadas sorriu e acenou para sua filha alegre.

Enquanto isso, Saba se movia ao redor da mesa que estava coberta com cartas de todos os lugares do mundo. Ela pegou outra carta e começou a ler em voz alta: “Querida Hadas, Deus é...”. Ela olhou surpresa e perguntou “Quem é Hadas?”.

A sala se encheu de risos. O representante da Portas Abertas então teve de explicar que os nomes delas foram trocados para proteger suas identidades. Apesar de as meninas não compreenderem perfeitamente o perigo que existe em seu país de origem, sua mãe fica com uma fisionomia amarga quando se menciona a Eritréia.

A explicação não diminuiu a euforia das meninas, e elas se alegraram, lendo uma carta após a outra. As três meninas entendem inglês e por isso foi fácil compartilhar sua fascinação com as manifestações de amor que elas receberam de cristãos de todo o mundo. “Quase todos os países estão representados aqui”, disse uma delas, encantada.

“Obrigada”, disse Hadas sinceramente. Ela continuou, citando Mateus 25.42-43: “Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; sendo forasteiro, não me hospedastes; estando nu, não me vestistes; achando-me enfermo e preso, não me fostes ver-me”. Então ela levantou os olhos de sua Bíblia e disse: “Mas nos visitando e demonstrando amor e preocupação vocês cumpriram as palavras do Senhor. Eu agradeço por sua preocupação com minha família. Como diz a Bíblia em Hebreus ‘Deus não é injusto; Ele não se esquecerá de seu trabalho e o amor que você mostrou por Ele quando você ajudou Seu povo e continua a ajudá-los’. Deus não vai se esquecer do amor que vocês demonstraram por nós. Nós estamos felizes por sua visita hoje. Por favor, agradeça àqueles que oraram por nós onde estiverem. Também lhes diga que nós estamos alegres por receber suas cartas e cartões”.

Depois, as três filhas desapareceram para seu quarto só voltando alguns minutos depois. Cada menina havia escrito uma carta para agradecer.

Miniya terminou sua carta primeiro, e a leu: “Olá para todos. Como vocês estão? Vocês estão orando por mim e minha família. Meu  nome é Miniya. Eu sou a filha mais nova de nossa família. Que Deus os abençoe.” Ela concluiu a carta com o desenho de uma flor para ilustrar seu agradecimento.

A carta de Saba foi a segunda: “Obrigada a todos vocês. Nós agradecemos a Deus por termos amigos que oram por nós. Nós sentimos seu carinho. Deus nos ama. ‘Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito’ (Jo 3.16)”.

Azeb usou seu tempo para desenhar uma cruz com as palavras “Deus ama você” escritas nela, no final de sua carta: “Queridos irmãs e irmãos em Cristo. Eu estou muito grata a Deus por ter nos dado uma família como vocês. Suasforça para nós. Deus os abençoe. Muito obrigada. Eu lhes desejo tudo de bom. Sejam abençoados.”

Enquanto Azeb ainda estava preocupada em completar sua carta, a alegre Miniya pegou uma carta da mesa e começou a rir. Todos esperavam para saber por que ela ria, mas ela fez segredo. Assim que Azeb acabou sua carta, ela revelou a carta que a fez rir. A carta tinha um desenho aparecido ao que Azeb tinha desenhado em sua carta de agradecimento. As meninas davam risadas como apenas garotas da sua idade fariam por causa da “coincidência”.
 
No dia seguinte ao que a Portas Abertas entregou as cartas, Hadas telefonou para dizer que suas filhas levaram a noite toda lendo e traduzindo as cartas e os cartões. Hadas concluiu dizendo que estava profundamente tocada pelo testemunho de uma senhora que também havia passado por uma situação difícil e as palavras de encorajamento desta senhora significaram muito para ela.

“Se pelo menos o pai das meninas pudesse compartilhar da alegria delas”, pensou o representante, quando imaginava como o pastor eritreu estaria. “O que o pai delas sentiria se soubesse que sua família estava só, mas que tinha pessoas de todo o mundo preocupadas com sua mulher e suas filhas? Quem poderia contar a ele da alegria e animação de suas filhas quando elas leram as cartas e os cartões? Provavelmente o pastor está deitado em sua cela, pensando em suas filhas agora mesmo? Eu oro para que o Espírito Santo interceda e testemunhe que sua família está sendo cuidada.”

Com esta notícia, a Portas Abertas conclui a campanha de cartas para Hadas e suas filhas. A família está em processo de acomodação em outro país. Nós nos empenharemos para fornecer notícias sempre que possível.

Motivos de oração

• Agradeça ao Senhor por sua provisão para as necessidades de Hadas e suas filhas. Ore para que o processo de estabelecimento no outro país ocorra segundo a vontade de Deus.

• Ore para que o Senhor continue a encorajar a família enquanto ela estiver separada do cabeça de seu lar. Ore por seu bem-estar espiritual e para que ela tenham graça para continuar confiando em Deus.

• Ore para que o Senhor intervenha e traga um fim ao sofrimento de milhares de pessoas nas prisões da Eritréia.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE