Um iraquiano clama por socorro

| 23/10/2008 - 00:00


“Histórias sobre a melhoria e crescimento na estabilidade no Iraque são mentiras.”

“Parem com o genocídio: a situação para os cristãos está ficando cada vez pior.”

“Alguns países e políticos querem anunciar na mídia que a situação no Iraque está progredindo e ficando melhor, mas isso com certeza não é verdade. A situação para os cristãos não está boa e não há sinais de que as coisas vão melhorar. Olhe para a cidade de Mosul, onde cristãos são mortos nas ruas por nada. Em Bagdá, a vida não é melhor. A mídia e os políticos estão pintando para o mundo um quadro errado, e estão mentindo sobre como ele está. Desperta mundo! Desde o novo genocídio, muita coisa começou a acontecer e em pouco tempo não haverá mais cristãos no Iraque. Os cristãos têm vivido no país há séculos, muito tempo antes de o islã ter entrado no país.”

Essas palavras de um cristão iraquiano refugiado são duras e fortes. Ele conseguiu escapar de seu país em desespero, e agora está tentando despertar o mundo. “O ocidente ainda nos ajuda ou as eleições e as crises financeiras estão chamando mais a atenção no momento?”

Fadi fugiu para outro país do mundo árabe. Ele está triste e deprimido. “Quando vi as notícias, elas deram a entender que Bagdá está quase segura e que o resto do país está melhorando. Mas eu posso afirmar, pelas experiências e por meus amigos, que a situação não é essa. A cada dia, cristãos são forçados a deixar suas casas e seu país. Os iraquianos não estão estáveis ainda, eles não fazem parte de mais nada. Veja o que está acontecendo em Mosul! O que está acontecendo, e por que o mundo não está reagindo? O que temos feito de errado para isso acontecer com a comunidade de cristãos no Iraque?”


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco