Encoraje uma família de cristãos - Família de Dmitry Shestakov

| 12/12/2010 - 00:00


Em janeiro de 2007 ele foi preso por suas atividades religiosas, e em março daquele ano foi condenado a quatro anos de prisão. Os parceiros da Portas Abertas Internacional escreveram muitas cartas e cartões para sua esposa, Marina, e suas três filhas, e agora é a sua vez de ainda encorajá-los!

O pastor Dmitry Shestakov (também conhecido como David), tem 39 anos e é casado com Marina. Eles têm três filhas, sendo que a mais velha tem 13 anos.

Depois de preso David apelou da sentença, mas logo disseram que ele abriu mão desse direito. Não se sabe se isso aconteceu de forma voluntária ou não.

No dia 7 de maio, David foi transferido da prisão de Andijan para uma colônia em Pskent, a 60 km de Tashkent. Lá, ele ficou duas semanas na solitária após ser acusado de “violar regras internas”.
Antes de sua prisão, David disse: “Como pastor, normalmente prego sobre perseguição, mas agora sei a diferença entre teoria e prática. É difícil me alegrar, eu não sou nenhum herói. Eu também fico deprimido, mas meu texto favorito das Escrituras é Jeremias 42. 10-20”.

Estes versículos contêm duas promessas que não podem ser separadas. David tem descansado na promessa dos versos 10-12: “‘Se vocês permanecerem nesta terra, eu os edificarei e não os destruirei’.” Mas ele não pode ignorar os outros versículos: , “Vocês serão objeto de maldição e de pavor, de desprezo e de afronta. Vocês jamais tornarão a ver este lugar’.”.

“Eu sou um peregrino sem moradia, igreja ou reconhecimento. Mas tenho Deus”, diz David, que em julho de 2010 recebeu a visita de sua família após três anos sem vê-los.

*CAMPANHA DE CARTAS ENCERRADA !!!"

**Dmitry Shestakov foi solto em 21 de janeiro de 2011.
Clique aqui e saiba mais.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE