Rejeitado pela família, acolhido pela Igreja


""Ainda que me abandonem pai e mãe, o Senhor me acolherá."" Salmos 27.10

""Meu nome é Musa Barau. Segui o islamismo desde o dia em que nasci, porque fui criado em uma família muçulmana. Entretanto, um dia, aceitei a Cristo como meu senhor e salvador pessoal. Minha conversão deixou meus familiares tão irados que quiseram me excluir da família – alguns até quiseram me matar. Com isso, decidi sair de casa e morar sozinho.

Numa certa tarde, eu voltava de carro para a minha nova casa, localizada num bairro cristão. Eu vinha de uma reunião de oração, quando fui surpreendido e sequestrado por fundamentalistas. Eles sabiam que eu havia me convertido ao cristianismo. Os homens me tiraram do carro, me agrediram, injetaram veneno em mim e me largaram na rua.

Caído e inconsciente, minha figura chamava a atenção dos que por ali passaram. Algumas pessoas me prestaram socorro e fui levado imediatamente para a UTI. Depois de uma semana de cuidados intensivos e tratamento médico, recebi alta do hospital. A minha sobrevivência foi um verdadeiro milagre! Minha saúde melhorou muito desde o ataque, e pude continuar a crescer no conhecimento de Jesus.""

Pedidos de oração

Faça download do material e participe da intercessão por irmãos e irmãs que precisam permanecer firmes em meio às hostilidades e ataques contra a fé cristã. Apoie o corpo de Cristo nos países onde servir a Deus é visto como um insulto a outras religiões ou ao governo. A Igreja Perseguida conta com você!