Islã nacionalista pode oprimir ainda mais os cristãos na Turquia

| 09/11/2015 - 00:00


9_Turquia_0260008910

No mês passado, o site de notícias AWD, publicou um artigo citando Hakan Fidan, chefe da Organização Nacional de Inteligência da Turquia (ONIT). Fidan é um aliado próximo do presidente turco Erdogan e tem feito comentários controversos. Ele já condenou a intervenção militar russa na Síria, acusando Moscou de tentar ""sufocar"" a revolução islâmica no país e de causar uma violação grave do direito das Nações Unidas.

Um dos analistas de perseguição da Portas Abertas, comentou: ""A Turquia está numa encruzilhada. O presidente Erdogan e seu partido estão gradualmente islamizando a Turquia, que já está envolvida quase em uma guerra civil com a maior parte das minorias étnicas, o que levou a uma explosão do nacionalismo no país. Há também um sério conflito acontecendo em países vizinhos, onde o islã desempenha papel dominante e onde a Turquia agora finalmente parece estar mostrando suas verdadeiras cores"".

Segundo o analista, essas são notícias muito ruins para os cristãos: ""Com o crescimento do islã, outras religiões estão sob pressão crescente. A combinação do islã nacionalista extremo tem um sério impacto sobre os cristãos na Turquia. Convertidos ao cristianismo estão agora de frente com a possibilidade de serem vistos como ‘traidores do Estado’. Os cristãos turcos precisam, mais do que nunca, das nossas orações"", conclui.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE