Líder cristão da Ásia Central precisa das nossas orações

| 12/09/2016 - 00:00


Uzbekistan_2015_0380103456.jpg

Um líder cristão que atua em um dos países da Ásia Central foi intimado a comparecer na delegacia, há alguns dias, para prestar depoimentos. Sem saber o real motivo da convocação, o líder se apresentou e foi imediatamente levado para um interrogatório. Na sala, porém, ele foi violentamente agredido pelos policiais até perder a consciência. Ao despertar, ele já estava preso, onde continua até hoje.

Segundo relatórios da Portas Abertas, a casa dele está sendo vigiada e até agora sua esposa não sabe exatamente o que aconteceu. O líder cristão que já atua há muitos anos na mesma igreja, pediu orações para todos os que tomarem conhecimento do seu caso, e solicitou que o seu país de origem não seja revelado por motivos de segurança.

Na Ásia Central, muitos cristãos já se reúnem secretamente, normalmente em ambientes escuros, para não chamar a atenção das autoridades. Outros, porém, preferem encontros em locais públicos, como cafés, e fingem um encontro casual entre amigos, para que ninguém perceba que na verdade estão orando (sempre de olhos abertos) e falando sobre a Bíblia, que na maior parte do tempo fica escondida. ""Somos forçados a agir dessa forma, para não atrair atenção desnecessária. Mas estamos felizes, pois juntos podemos estudar e aprender da Palavra. Além disso, o café e o bolo são deliciosos"", conclui um dos cristãos perseguidos.

Pedidos de oração

  • Ore pelo líder cristão para que seus ferimentos sejam curados o mais breve possível e que, apesar da dor, ele sinta a paz de Jesus naquela prisão.
  • Interceda para que ele seja libertado e que a justiça possa agir a seu favor.
  • Peça também pela esposa e pelos membros da igreja que estão sem o líder nesse momento.
  • Clame pela Igreja Perseguida na Ásia Central.

Leia também
Países da Ásia Central permanecem hostis ao cristianismo
Cristãos se reúnem de maneira secreta na Ásia Central


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE