Líder cristão comemora um ano de fuga do cativeiro

Teresito Suganob foi sequestrado com aproximadamente outras 200 pessoas por grupo islâmico

| 29/09/2018 - 00:00

Peça ao Senhor para que a cura do trauma de Suganob seja completa

Peça ao Senhor para que a cura do trauma de Suganob seja completa


Neste mês de setembro, Teresito Suganob, líder cristão das Filipinas, comemorou aniversário de sua fuga. Ele foi mantido refém por quatro meses por um grupo islâmico na cidade filipina de Marawi. Desde então ele compartilha ter encontrado uma nova oportunidade de vida, de acordo com a agência de notícias UCANews.

A cidade foi invadida por islâmicos em 23 de maio de 2017, e ele foi uma das cerca de 200 pessoas levadas como reféns. Suganob escapou no dia 16 de setembro, em meio a um combate entre o Estado Islâmico – afiliado ao grupo Maute – e o exército das Filipinas. Junto com um professor da escola local, ele fugiu da mesquita onde estavam sendo mantidos e os dois caminharam no meio da noite por ruas cheias de corpos.

“Foi o maior medo que eu já senti. Eu tinha medo de que os terroristas nos vissem e atirassem”, disse àUCANews. No aniversário da fuga, ele mandou uma mensagem para seu companheiro: “Parabéns, hoje nós completamos um ano em nossa nova vida”. Ele celebrou essa oportunidade em um jantar com amigos, parentes e vizinhos.

Apesar disso, afirma que continua traumatizado pelo que aconteceu. “Eu tenho uma ferida que é muito profunda”, contou o líder. Suganob agora viaja ao redor do mundo, falando sobre a necessidade de diálogo inter-religioso e entendimento entre muçulmanos e cristãos. Disse também que está particularmente comprometido a alcançar a paz na rebelde região de Mindanau, algo em que tem trabalhado nos últimos 23 anos. “A vida é curta, e nós temos que fazer bom uso disso”, concluiu.

Pedidos de oração

  • Ore por Suganob, para que ele seja curado completamente do trauma vivido.
  • Apresente a região de Mindanau, que o Senhor possa derramar da sua paz no local.
  • Peça por uma convivência mais pacífica entre cristãos e muçulmanos no país.

Leia também
Adolescentes cristãos morrem em explosão nas Filipinas
Projeto da Lei Básica Bangsamoro pode ser finalizado
Cristãos de Mindanao são ameaçados pelo Estado Islâmico


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE