Mãe enlutada encontra paz em Jesus

O filho de Baldina foi assassinado pelo Boko Haram no Norte de Camarões

| 20/05/2022 - 16:30

A Portas Abertas trabalha em Camarões com ajuda emergencial, e Baldina foi uma das beneficiadas

A Portas Abertas trabalha em Camarões com ajuda emergencial, e Baldina foi uma das beneficiadas


Em 20 de maio, celebra-se o Dia Nacional de Camarões. Completando 50 anos hoje, em 1972, um referendo unificou e formou o país. Uma das ações da Portas Abertas no país é o socorro com itens de ajuda emergencial, e Baldina foi uma das cristãs auxiliadas com essas doações. 


Baldina é uma mulher idosa que morava com seu marido doente em uma pequena vila no Norte de Camarões. Sob os ataques do
Boko Haram e no contexto de muitas perdas, a igreja e os cultos se tornaram verdadeiros oásis de esperança nessa região. 

Assista o vídeo a seguir que conta um pouco da história dessa irmã em Cristo: 



Ela tinha dois filhos e, conforme a cultura do país, esperava que eles cuidassem dela e do marido quando envelhecessem, mas o primogênito foi morto pelo Boko Haram. O filho mais novo partiu para uma cidade distante com medo do ataque dos extremistas. 


“Nós estávamos em casa quando o Boko Haram atacou nossa vila. Meu filho mais velho pulou pela janela para escapar, mas eles estavam esperando ali e o mataram. Ele tinha 25 anos. Outras pessoas sobreviveram ao ataque se escondendo.”
 


O nome do filho que foi morto era Kamadi Cheguede. Ele costumava ajudar Baldina nas tarefas da lavoura, debulhando milho e triturando amendoim que eles cultivavam. “Ele trazia tudo para casa e me aconselhava sobre a criação das galinhas e podava espinhos dos arbustos para mim. Ele era um bom filho”, diz a mãe.
 


Paz que excede todo o entendimento
 


Baldina estava afastada dos caminhos do Senhor, mas o ataque a aproximou da igreja, onde ela encontrou paz de espírito. Ela não conseguia tirar da mente o assassinato do filho mais velho e a preocupação com o caçula que sobreviveu ao ataque e fugiu da cidade. Os cultos de adoração acalentavam seu coração em meio às dores. “Eu fui para a igreja por causa do meu coração ferido pela morte do meu filho. Meu coração estava inquieto, então eu disse a mim mesma que ali eu encontraria paz.” 
 


Em 2021, a Portas Abertas entregou itens de ajuda emergencial no Norte de Camarões. Baldina era uma entre muitas outras pessoas que receberam alimentos e outros itens essenciais. “Vocês foram instrumentos usados por Deus para dar o que ele queria para mim. Muito obrigada! Depois que vocês me deram todas essas coisas eu encontrei minha irmã e disse: ‘Veja o que eu ganhei! Eles me ajudaram muito mesmo. Sem essa comida, eu morreria de fome. Que Deus conceda a eles uma vida longa’.”
  


Ajuda emergencial 


Muitos cristãos foram vítimas de ataques em países do Oeste Africano, como Camarões e Burkina Faso. Eles precisam de ajuda nos itens básicos para sobreviver. Com sua doação, cristãos como Baldina podem ser socorridos e auxiliados para lidar com suas necessidades físicas e emocionais.


 


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE