Meninas do Chibok: segunda estudante é encontrada

| 20/05/2016 - 00:00




De acordo com informações da BBC News, hoje o exército nigeriano conseguiu resgatar mais uma das estudantes que foram sequestradas em abril de 2014. Serah Luka estava entre um grupo de 97 mulheres e crianças que foram resgatadas pelos soldados do nordeste do país. Embora tenha havido algumas controvérsias porque o nome da garota não estava na “lista de desaparecidos”, conforme o porta-voz dos “pais das meninas do Chibok”, já foi confirmado que ela era o número 157 de outra lista e que possivelmente seja a filha do líder cristão Luka.

“A confusão da identidade da menina será desfeita assim que houver uma confirmação por parte dos pais, que estão espalhados pelo Chibok, e muitos vivem em áreas remotas”, disse o editor da BBC, Hausa Mansur Liman. Além disso, ele comentou que nem todos possuem acesso à internet, daí a dificuldade da comunicação. Mas o que realmente importa é que houve mais um resgate. O grupo militante islâmico Boko Haram já raptou muitas outras jovens nos últimos anos, conforme estimativas de diversas associações de direitos humanos.

Amina Ali Darsha Nkek, a primeira estudante que foi resgatada na última terça-feira, disse que pelo menos seis das meninas sequestradas já morreram e que as demais estão vivendo na floresta Sambisa, local onde ela foi encontrada. Até o momento, sabe-se que Amina foi levada até o presidente Buhari, de acordo com informações do O Globo, que se mostrou muito feliz pelo seu retorno, motivo que fez crescer a esperança no país de que ela possa dar importantes pistas sobre as demais reféns. Sobre o paradeiro de Serah Luka, a segunda estudante resgatada, a Portas Abertas está aguardando por mais informações.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE