Norte-coreanas são resgatadas por abrigo cristão

| 10/03/2017 - 00:00


10-coreia-do-norte-mulheres-estudando-a-biblia

Hwa-Young* trabalha na China com mulheres que fugiram da Coreia do Norte ou que foram vítimas do tráfico humano e levadas à força pela fronteira. Muitas delas foram iludidas com a ideia de deixar para trás uma vida miserável e seguir em busca de bons empregos entre os chineses. Infelizmente, algumas são vendidas em bordéis ou se casam com chineses-coreanos. Mas cerca de 250 dessas mulheres encontram-se, atualmente, num pequeno refúgio cristão.

Sentindo-se recompensada por essa missão, somente pelo fato de saber que as mulheres terão um futuro melhor, Hwa explica que percorre longas distâncias para resgatá-las, assumindo um trabalho perigoso e solitário. A capital, Pyongyang, que  foi conhecida como ""a Jerusalém do Oriente"" porque tinha um grande número de igrejas, agora vive uma realidade diferente. As reuniões cristãs não podem chamar muita atenção das autoridades, por isso acontecem secretamente.

A cristã explica que, se essas mulheres que vivem ilegalmente na China, forem capturadas e repatriadas como desertoras, elas serão tratadas com mais rigor pelo governo de Kim Jong-Un, o que significa “desaparecer” em um campo de trabalho forçado. Mas protegê-las e evangelizá-las envolve uma árdua tarefa. “Elas não são mulheres comuns, são mentalmente cicatrizadas por terem vivido na Coreia do Norte, onde eram praticamente ‘prisioneiras’ de uma ideologia”, conta.

Por não terem conhecido o mundo exterior, elas sentem dificuldade em compreender muitas coisas. “Sempre que eu lhes conto histórias sobre tudo o que ocorreu fora da Coreia do Norte, elas não conseguem entender”, diz. Hwa-Young necessita das nossas orações para seguir em frente com essa missão. Interceda pelas mulheres que foram resgatadas por ela e peça a Deus para que o Espírito Santo trabalhe em suas mentes e corações, a fim de conhecer e sentir profundamente o amor de Jesus Cristo. “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” (João 8.32).

*Nome alterado por motivos de segurança.

Leia também
Estratégias de evangelização entre os chineses
Sem direito à informação


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE