Líderes cristãos pedem que a ONU assuma um papel significativo no Iraq

| 01/06/2004 - 00:00


Dirigentes de Igrejas Cristãs dos Estados Unidos, Canadá e Europa, reuniram-se com Kofi Annan , secretário geral das Nações Unidas e expressaram que a ONU deve assumir um papel preponderante no Iraque para garantir uma paz duradoura.

Esperamos que o presidente dos Estados Unidos , George Bush, não insista na ocupação do Iraque , e que aceite a participação das Nações Unidas de forma independente e sem lhe impedir que cumpra um papel significativo , declarou o reverendo Bob Edgar , secretário geral do Conselho Nacional das Igrejas dos Estados Unidos, em nome dos onze integrantes da delegação, que conversou 40 minutos com Kofi Annan , na segunda,24.

O crescente caos que impera no Iraque , evidencia que o governo dos Estados Unidos deve mudar de atitude. Esperamos que o presidente Bush admita que a paz só pode ser alcançada com uma real participação internacional . disse Edgar.

Keith Clements, secretário geral da Conferência das Igrejas Européias com sede em Genebra, Suíça, declarou: Para nós é frustrante que não foi permitido às Nações Unidas desempenhar seu papel no Iraque. Na Europa há um enorme apoio para a participação da ONU.

Os dirigentes eclesiásticos conversaram com Kofi sobre a contribuição das Igrejas para construir uma paz estável no Iraque e em outras partes do mundo. Admitiram porém que, algumas vezes a religião alimenta o conflito e a intolerância, e que o problema não é por causa da fé e sim por causa de alguns fiéis.

Ressaltaram também, a importância de construir uma cultura de tolerância e de promover a paz, dignidade e respeito aos direitos humanos. Além disso, indicaram que as armas de destruição maciça e o terrorismo não são os únicos problemas globais , pois existe também a pobreza, a doença e a contaminação ambiental.

A delegação estava integrada por Mark Hanson, presidente da Igreja Evangélica Luterana dos Estados Unidos e da Federação Luterana Mundial , Karen A. Hamilton, secretária geral do Conselho Canadense das Igrejas, Leonid Kishkovsky, oficial de assuntos ecumênicos da Igreja Ortodoxa na América e outros dirigentes norte-americanos e europeus.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE