Ajuntamento de evangélicos na cidade de Buenos Aires

| 01/06/2004 - 00:00


Evangélicos fizeram um protesto no começo desta semana, na Avenida 9 de Julho, para reclamar uma reforma na Constituição que evita a discriminação e para exigir uma lei de igualdade religiosa no país. Agradeceram a Deus pela reação do povo contra a corrupção e a falsidade, e por todos os que trabalham para construir uma sociedade diferente, unida e reconciliada em meio à diversidade. Desde o cenário montado nos ombros do Obelisco, o pastor Rúben Proieti leu - em nome do Conselho Nacional Cristão Evangélico (CNCE) - o documento Jesus Cristo nossa esperança onde questionaram que a liberdade de culto que garante nossa Constituição, atualmente se dá em marco de uma injusta discriminação.

O evento trouxe à memória as palavras do padre Axel Blumberg, o jovem de 23 anos assassinado por seqüestradores, e deu a oportunidade de convocar as pessoas para assinarem a petição que foi elaborada por ele. Essa petição tem como objetivo reclamar leis mais duras contra a insegurança, reiterando os conceitos de Axel, proclamados quando falou perante 130 mil pessoas num ajuntamento, em frente ao Congresso, quando questionou os funcionários sobre a falta de resposta na luta contra a delinqüência


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE