Igreja remove estátua de santo para não ofender muçulmanos

| 09/06/2004 - 00:00


Reportagem do dia 03 de maio-Uma estátua de São Tiago, que mostra o santo cortando as cabeças de invasores mouros, será retirada de uma catedral espanhola para não ofender os muçulmanos.

Autoridades da catedral da cidade de Santiago de Compostela, na costa noroeste da Espanha, planejam levar a estátua para o museu da cidade. Uma das razões para a mudança é evitar magoar "outros grupos étnicos".

A estátua de São Tiago, "o matador dos mouros", deverá ser substituída por uma outra, que mostra o lado mais calmo do santo, o de "peregrino". A obra foi criada pelo mesmo artista, José Gambino, no século 18.

A imagem de São Tiago, ou Santiago Mata Mouros, como ele é conhecido na Espanha, é um símbolo da luta entre o Cristianismo e o Islamismo e da reconquista da Espanha após oito séculos de domínio muçulmano, em 1492.

Segundo relatos, o santo teria aparecido para as tropas cristãs em cruzada contra o Exército mouro, na Batalha de Clavijo, em 844. Enquanto lutavam, os homens gritavam "São Tiago, nós reconquistaremos a Espanha".

Sem relação

Representantes da catedral enfatizam que a decisão de remover a estátua não tem nada a ver com os atentados de 11 de março em Madri, atribuídos a militantes islâmicos.

Alejandro Barrai, presidente da comissão cultural para o conselho da catedral, disse à BBC que não se trata de uma "decisão oportunista".

"Isso não é motivado por medo de fanáticos de qualquer tipo e não tem nada a ver com 11 de março ou 11 de setembro", acrescentou.

Barrai disse que a decisão foi tomada há alguns anos e simplesmente não havia sido implementada.

Segundo ele, a idéia era tentar levar a imagem do santo de volta à sua origem, mostrando-o como o apóstolo ou peregrino que levou a palavra de Jesus à Península Ibérica.

De acordo com Barrai, a imagem barroca de São Tiago, segurando a espada e cortando as cabeças dos mouros, não é uma visão sensível ou evangélica que se encaixe nos ensinamentos de Cristo.

A estátua não deverá ficar escondida dos seis milhões de peregrinos e turistas que visitam a cidade anualmente quando for removida da capela da catedral.

Ela será instalada ao lado de dúzias de outras imagens de São Tiago no museu da catedral.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE