Universidade se recusa a registrar um clube cristão

| 19/07/2004 - 00:00


A Universidade Estadual Penn, da Pensilvânia, afirma que já tem clubes cristãos "demais" e negou reconhecer mais um clube. Esta atitude resultou em uma ação judicial que foi arquivada contra a universidade e alegado que a ação viola os direitos humanos garantidos pela primeira e décima quarta emenda da constituição americana.

Em abril, a Comunhão Cristã de Discipuladores solicitou que os clubes fossem registrados no campus da Universidade Estadual Penn. Contudo, o oficial da universidade que aprova grupos de estudantes religiosos recusou a solicitação dos Discipuladores, alegando que existem grupos cristãos demais.

O Centro de Direito e Liberdade Religiosa, que arquivou a ação judicial, afirma que a universidade está sobre areia movediça constitucional quando ela designa a tarefa a uma pessoa de decidir se um grupo de cristãos tem uma mensagem diferente de um outro grupo.

Um porta-voz do centro afirma que a exigência única da escola é simplesmente uma outra forma de discriminação contra pontos de vista religiosos que a Universidade Estadual Penn não aprova.

Atualmente, a universidade reconhece mais de seicentos diferentes clubes de alunos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE