British Council suspende funcionário acusado de ofender o Islã

| 06/08/2004 - 00:00


O British Council, órgão que promove a cultura britânica em todo o mundo, suspendeu um de seus porta-vozes acusados de ter escrito uma série de artigos atacando o islamismo. O Council, um órgão custeado pelo governo da Grã-Bretanha e que atua em 110 países, entre os quais muitos muçulmanos, disse na sexta-feira ter suspendido Harry Cummins até concluir a investigação das acusações contra ele.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE