Religiosas colombianas são forçadas a abandonar povoado por ameaças

| 04/11/2004 - 00:00


Três religiosas da congregação Santo Anjo se viram obrigadas a abandonar o território de Robles logo depois de receber constantes chamadas telefônicas e panfletos, onde exigiam que fossem embora se não quisessem ser seqüestradas. Diante desta situação, o Arcebispo de Cali, Dom Juan Francisco Sagasti, pediu às autoridades para que identifiquem os responsáveis por estas ameaças contra as religiosas.

O comandante da Polícia Metropolitana de Cali, coronel Jesús Antonio Gómez, informou que de acordo com as investigações as ameaças não provinham de nenhum grupo armado, mas sim de pessoas interessadas em desestabilizar o trabalho social que as religiosas desenvolvem em Robles há quinze anos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE