Rebelião muçulmana no sul das Filipinas deixa 75 mortos

Portas Abertas • 14 fev 2005


O exército filipino enviou neste domingo reforços para a ilha de Jolo, no sul do arquipélago, onde os separatistas muçulmanos encontram-se cercados. Os confrontos que já duram uma semana deixaram 75 mortos.

Um batalhão de 500 soldados chegou na manhã deste domingo ao porto de Jolo para dar reforço a batalhões de infantaria, da Marinha e das Forças especiais.

Segundo o exército, os militares cercavam uma centena de rebeldes que pertencem à FMLN (Frente Moura de Libertação Nacional), um dos grupos muçulmanos separatistas do sul das Filipinas.

Os confrontos, que começaram na segunda-feira passada, mataram 25 soldados e 50 rebeldes, segundo o exército. Além disso, 13 mil pessoas foram obrigadas a fugir das áreas de combate.

A ilha de Jolo tem 400 mil habitantes, a maioria deles muçulmanos. O país é formado principalmente por católicos.

Leia mais na Folha

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco