Perseguição aumenta em Orissa

| 11/06/2005 - 00:00


O grupo fundamentalista hindu Rashtriya Swayamsevak Sangh (RSS) anunciou, no dia seis de junho, sua nova iniciativa de treinar militantes para lutarem contra cristãos. Um campo de treinamento foi montado em Jeypore, cidade no estado de Orissa.  Esse campo é apoiado pelo ministro das finanças de Orissa, Manmohan Samal, e pelo ministro de recursos hídricos, Rabi Nanda.

A RSS associou-se a outro grupo extremista, o Viswa Hind Parishad (VHP), ou Conselho Mundial Hindu, que anunciou sua intenção de treinar milhares de jovens dentro de duas semanas para lutar contra missionários cristãos.

A organização afirma que seu trabalho será centrado em Orissa, já que os missionários são bem ativos nessa região.

As re-conversões ao hinduismo estão programadas vários distritos de Orissa, onde o evangelho é pregado, alertou a VHP.

A liberdade religiosa e as conversões para outra religião, exceto as respeitadas pelo estado, não são toleradas por grupos extremistas.

A situação em Orissa não é de muito respeito para com a comunidade evangélica. Em um dos distritos, as autoridades ordenaram a demolição de 109 casas de cristãos. As vítimas acreditam que por trás disso está a RSS, apoiada pelos ministros Nada e Samal.

"Trata-se de uma situação muito trágica", disse Alphonse Bilung, bispo da Rourkela para a Asia News. "Essas casas estão localizadas em áreas semi-florestais, amplamente habitadas pelas castas mais pobres".

"Eles são bem abertos ab


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco