Preso um suspeito de assassinar missionários

| 03/07/2005 - 00:00


A Polícia indiana deteve um homem em conexão com o assassinato de dois missionários cristãos no estado de Andhra Pradesh, ao sul.

Os dois pregadores, K. Issac Raju e K. Daniel, foram encontrados mortos no começo de junho - dias depois de irem em missão a Hyderabad, a capital de Andhra Pradesh.

Goverdhan, de 25 anos de idade, permaneceu em custódia e será levado ao tribunal no dia 7 de julho. Dois outros suspeitos estão sendo procurados.

Goverdhan foi preso no domingo em ligação com o assassinato de Daniel e Issac, disse à polícia, conforme foi noticiado, que Daniel já havia até pedido que ele mudasse a sua religião.

Goverdhan deixou claro que eliminou os dois, enfurecido com as conversões.

Eles visavam os desprivilegiados e pobres de uma religião em particular, o que eu senti que não era correto", ele disse.

Soube-se que Goverdhan estava trabalhando para uma organização religiosa fundamentalista muito antes de Daniel começar a sua campanha religiosa.

Enquanto a polícia sustentava que os antecedentes de Goverdhan ainda deviam ser verificados, inquéritos com pessoas locais revelaram que sua organização ganhou uma forte base na área e desenvolveu uma rede de atividades.

Ele se encontrou com K. Daniel de Asifnagar há um ano, quando este foi encontrado, de acordo com o que foi dito, distribuindo panfletos sobre conversões. Goverdhan e seus associados objetaram a isso e alertaram Daniel contra a campanha.

A conversão religiosa de uma família em Attapur também incitou a fúria de alguns jovens locais que, supostamente, espancaram o pastor em questão.

"Goverdhan foi provocado por tais incidentes e fez um plano com os seus associados para matar Daniel", um policial ligado à investigação disse.

Texto enviado por Daila Fanny.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE