Violência atinge mais duas jovens em Poso

| 09/11/2005 - 00:00


Dois homens armados com pistolas atiraram à queima-roupa em duas estudantes em Poso, Sulawesi Central, ferindo-as na cabeça às 19h45, do dia 8 de novembro.

 O novo ato de violência aconteceu na mesma cidade onde três adolescentes cristãs foram decapitadas no dia 29 de outubro. Uma quarta estudante foi seriamente feriada no mesmo ataque.
 
Os disparos do dia 8 ocorreram próximo a uma Igreja pentecostal na área de Gatot Subroto.

As duas vítimas de 17 anos, "Yuli" Siti Nuraini e Ivone (sobrenome desconhecido), estão em estado crítico, de acordo com Nurhayati, um paramédico. Ivone foi atingida no maxilar enquanto Yuli foi ferida no pescoço. "Elas foram operadas no Hospital de Poso,  para onde foram levadas pela polícia", contou o paramédico.

Até agora, a polícia não emitiu nenhuma declaração sobre o incidente.

Algumas horas antes, o chefe de polícia de Sulawesi Central, Oegroseno, havia relatado que a polícia não tinha identificado ainda os assassinos de Ida Yarni Sambue (15), Theresia Morangke (15), e Alfita Poliwo (19), as três garotas cristãs decapitadas no dia 29 de outubro.

A quarta garota que foi ferida no ataque está se recuperando sob uma segurança policial pesada, já que ela é uma testemunha essencial para o crime.

De 1998 a 2001, as Ilhas Sulawesi foram o cenário de disputas sectárias entre muçulmanos e cristãos.

Muitos temem agora que novos atos de violência tragam de volta a violência inter-religiosa.

Os muçulmanos locais e os líderes cristãos disseram que agentes externos são responsáveis pelos crimes recentes, e não os muçulmanos locais. Eles acreditam que os acusados agiram sob as ordens de algum grupo propenso a reiniciar o ódio religioso na região.

Texto enviado por Daila Fanny.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE