Casamentos entre muçulmanos e católicos aumentam na Itália

| 30/12/2005 - 00:00


O número de casamentos entre católicos e muçulmanos na Itália aumentou cerca de 10% apenas neste ano, com cerca de 20 mil matrimônios do tipo registrados, segundo dados divulgados por representantes da Igreja Católica.

Preocupados com a tendência, cardeais católicos publicaram em Roma dois documentos pedindo cautela das mulheres católicas que têm planos de se casar com homens muçulmanos.

No mês passado, o cardeal Camillo Ruini, chefe dos bispos italianos, manifestou preocupação com o tema.

Além dos problemas que qualquer casal enfrenta ao começar uma família, católicos que se casam com muçulmanos têm que lidar com dificuldades adicionais que surgem de profundas diferenças culturais, disse ele.

Críticas

Em um outro documento emitido pelo Vaticano, o cardeal Stephen Hamao descreveu o que ele chama de experiências amargas vividas por mulheres que se casaram com muçulmanos.

Segundo o cardeal, as dificuldades aumentam se o casal vai viver em um país onde a religião predominante é o Islamismo.

O tom do documento é de uma dureza pouco comum em uma época em que o diálogo entre as religiões parece ser predominante nos discursos.

Alguns acadêmicos muçulmanos manifestaram sua surpresa com os documentos do Vaticano e alguns grupos liberais italianos criticaram os documentos.

Um milhão

As estatísticas apontam que a população muçulmana na Itália, país conhecido pela forte presença de católicos, está perto de 1 milhão, em um total de cerca de 57 milhões de pessoas.

A posição oficial da Igreja Católica é de estimular o diálogo entre Roma e outras religiões, incluindo o Islã.

O papa João Paulo 2º, que morreu em abril, foi o primeiro papa da história a rezar em uma mesquita.

Seu sucessor, o papa Bento 16, vem insistindo que também quer promover o diálogo religioso e cultural com o mundo islâmico.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE