Belarus prende pastor por realizar cultos em seu apartamento

Portas Abertas • 9 mar 2006


A Organização pela Segurança e Cooperação na Europa está preocupada com as eleições em Belarus. Ela acha que pode não haver liberdade depois da detenção de quatro observadores locais das eleições e de um candidato à presidência. Esses fatos ocultaram um outro, a prisão e condenação do pastor Georgi Viazovski, por realizar cultos em sua casa, o que é uma violação da nova lei.

O vice-presidente dos ministros russos, Sergey Rakhuba, diz que essa regulamentação proíbe as pessoas de fazer qualquer atividade religiosa fora dos limites da igreja. Neste caso, a igreja de Georgi não tem seu próprio prédio. Como eles queriam fazer estudos bíblicos e cultos, a igreja se reuniu na casa do pastor.

Sergey cresceu na ex-União Soviética. Ele acredita que o objetivo do governo é de tornar as igrejas de Belarus ilegais. "Isso nos relembra a década de 70 e 80, quando era usada a calúnia."

Sergey contou que o povo está sendo informado de que os batistas precisam ser mandados de volta aos Estados Unidos por serem todos espiões, enviados pelo presidente Bush. Também dizem que eles foram enviados para Belarus para fazer uma lavagem cerebral nos pobres, tomar o dinheiro deles e investi-lo em seus ministérios nos EUA.

Na verdade, o presidente bielo-russo Alexander Lukashenko, apelidado de "o último ditador na Europa", tomou medidas extremas temendo uma revolução como a da Ucrânia. Para Sergey, "o presidente Lukashenko tomou todas as medidas preventivas para tentar bloquear a todos. Há pouco tempo, 72 ONGs foram invadidas, e todas elas foram tidas por pró-americanas ou espiãs ocidentais".

Esse tratamento duro tem mais um significado. Para Sergey, isso quer dizer que as pessoas precisam ser mais bem treinadas. É necessário continuar a ajudá-las, em especial em Belarus. Enquanto trabalha-se junto à igreja, através da igreja e para a igreja, a próxima geração de líderes é treinada - aquela que continuará a espalhar o evangelho de forma corajosa.

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco