Sociedade Bíblica de Gaza reabre sua loja

| 07/04/2006 - 00:00


A loja da Sociedade Bíblica em Gaza reabriu na segunda-feira, dia 3 de abril. Ela ficou cinco semanas fechada desde que militantes não-identificados ameaçaram explodir o prédio. A notícia foi dada por Hanna Massad, pastor da Igreja Batista de Gaza.
 
Hanna disse que a loja reabriu com a permissão do Ministério do Interior de Gaza, a despeito das objeções do proprietário do prédio. A mulher de Hanna, Suhad, é a gerente da loja.
 
"Hoje é um dia muito especial para nós, depois de enfrentarmos a pressão e o poder do reino das trevas, em especial nos últimos quatro dias", Hanna escreveu em um e-mail aos parceiros de oração. "Experimentamos o poder de uma oração respondida. Obrigado por orar conosco e por nós."
 
A reabertura sucedeu uma reportagem falsa, publicada no final de março, afirmando que as autoridades de Gaza haviam capturado um pequeno grupo responsável pelas ameaças. "Não era verdade, então ainda há ameaça", Hanna escreveu. "Não sabemos quem está atrás disso."
 
No dia 3 de fevereiro, militantes não-identificados explodiram duas bombas pequenas em frente à loja, destruindo suas portas de ferro e vidro. Uma nota deixada pelos militantes ameaçava matar o proprietário e os outros que viviam no prédio se a Sociedade Bíblica não saísse de lá até o dia 28 de fevereiro. Os militantes também mandaram a Sociedade Bíblica não continuar seu ministério em lugar nenhum.
 
Os funcionários da Sociedade repararam o prédio e continuaram o ministério do centro da comunidade até as ameaças de morte contra os funcionários aumentarem. Isso levou os diretores da Sociedade a fecharem a loja temporariamente.
 
A Portas Abertas, uma organização que serve os cristãos perseguidos, ajuda a Sociedade Bíblica Palestina e a loja de Gaza.
 
Hanna pede que as orações continuem. "A situação em Gaza ainda é perigosa e a ameaça ainda existe. O mal tentou de tudo para nos impedir de fazer aquilo para que Deus nos chamou."


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE