Extremistas hindus atacam igreja em Madhya Pradesh

| 17/06/2006 - 00:00


O extremista hindu Yogesh Agarwal liderou outro ataque a uma igreja no dia 15 de junho. A igreja ficava em Gorakhpur, distrito de Jabalpur, Estado de Madhya Pradesh.

A igreja realizava seu primeiro dia de um curso bíblico de três dias para 27 cristãos no distrito.

O pastor Vijay Sethi disse que o programa focava o treinamento na vida cristã e não tinha "nada a ver com conversão ou batismo".

Mas, assim que o curso começou, os policiais, acompanhados por Yogesh e os extremistas, chegaram e começaram a questionar os organizadores sobre a natureza da programação.

Yogesh é um importante líder do grupo extremista hindu Dharma Sena. Ele afirmou que o curso era "uma tentativa de conversão, e nós objetamos a qualquer tipo de conversão forçada".

A polícia levou os cristãos à delegacia local com os ativistas. O superintendente Shri Shrinivas disse que eles só foram questionados, e não foi registrado nada contra ninguém.

"Depois de registrar os depoimentos, todos os cristãos foram liberados", Shri disse.

No dia 14 de junho, o ministro-chefe de Madhya Pradesh prometeu dar proteção à comunidade cristã minoritária.

Yogesh e o Dharma Sena têm se envolvido em diversos ataques contra os cristãos. Na semana passada, no dia 6 de junho, ele ameaçou queimar vivos os convidados de um jantar cristão em Jabalpur. Quando a polícia levou os convidados para serem questionados na delegacia, Yogesh os acusou de praticar conversão forçada.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE