Helen Berhane precisa das nossas orações

| 27/10/2006 - 00:00


A Portas Abertas dá início a uma campanha de oração por Helen Berhane, uma cantora cristã da Eritréia que está presa em um contêiner de metal, no campo militar de Mai Serwa, desde 13 de maio de 2004.

No início deste mês, Helen passou três dias no Hospital Halibet, em Asmara, para receber tratamento médico em sua perna, que estava gravemente ferida em decorrência das agressões sofridas na prisão. Depois do tratamento, as autoridades eritréias mandaram a cantora de volta para o campo militar.

Helen Berhane foi presa em 13 de maio de 2004, pouco depois de lançar um álbum, que estava se tornando muito popular entre os jovens. Helen se recusou a acatar ordens de líderes do ministério da defesa "Operação 5" para que assinasse um documento renegando sua fé em Cristo e para que prometesse parar de cantar e de participar de qualquer atividade cristã na Eritréia (leia mais).

Perseguição intensa

Em 2002, o governo do presidente Issayas Afewerki fechou todas as 12 igrejas protestantes independentes do país, proibindo as congregações de se reunirem até mesmo em casas particulares. Desde então, pastores, soldados, mulheres, adolescentes, crianças e idosos têm sido presos quando são flagrados participando de cultos, lendo a Bíblia, orando em grupos e até assistindo a cerimônias de casamento.

Estatísticas confirmadas recentemente indicam que pelo menos 1.918 cidadãos eritreus estão presos apenas por causa de suas crenças religiosas, sem acesso a um processo judicial.

Em 17 de outubro, a polícia de segurança da Eritreia torturou dois cristãos, dois dias depois de prendê-los por realizarem cultos em uma residência no sul de Asmara. Os dois homens morreram em decorrência da tortura (leia mais).

O estado reconhece apenas quatro instituições religiosas "históricas", que têm autorização para realizar cultos no país: a ortodoxa, a católica, a luterana e a muçulmana. Mas, mesmo as igrejas "autorizadas" sofrem ataques. No ano passado, o governo assumiu a administração da Igreja Ortodoxa Eritréia e depôs seu líder, o patriarca Abune Antonios, violando a lei da igreja.

No início deste ano, o novo líder ortodoxo, indicado pelo governo, excomungou 65 coordenadores da escola dominical ortodoxa. Em seguida, o governo prendeu três sacerdotes que protestaram contra a ação (leia mais).

Pelo terceiro ano consecutivo, o Departamento de Estado dos Estados Unidos designou a Eritréia como um "país de preocupação específica" em seu relatório anual de liberdade religiosa, apontando o país como um dos piores violadores da liberdade religiosa no mundo.

Pedidos de oração:

 Ore para que Helen se recupere plenamente.

 Ore para que Deus seja seu companheiro constante na prisão. Que Ele cure suas emoções, seu espírito e seu corpo, dando-lhe a "paz que excede todo o entendimento".

 Ore para que ela seja libertada.

 Ore para que Deus a sustente, assim como aos outros 1.900 cristãos detidos pelo governo. Que Deus os mantenha firmes na fé.

 Ore por fortalecimento e conforto para as famílias dos prisioneiros cristãos.

 Ore para que a igreja na Eritréia continue a crescer, apesar da perseguição.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE